Noite sem estrelas

Contemplo hoje uma noite sem estrelas e sem luar
E vejo a tristeza aqui reinar
Penso em várias coisas...
Como no dia que você estava aqui
E como éramos felizes
Mas por ironia do destino
Você teve que partir
Para longe de mim
Essa saudade que hoje sinto de você
Me conforta ao saber
Que um dia estive a te ver
E sentir seu abraço apertado me consolando
De todas as coisas terríveis que aconteceram comigo
Era você a minha paz, o meu refugio
Tiraram você de mim
E hoje me sinto como uma noite
Sem o brilho das estrelas e sem a pureza da lua
Uma noite que, como as outras, vai passar,
E como você existiu
E trouxe felicidade a um coração
Que estava carente
E é nesse mesmo coração que te carrego
Pois daqui ninguém poderá tirar você
Que vai estar lá, guardada sempre comigo
Mesmo longe, perto de mim!


Sandra RaFáH ~*
  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • Twitter
  • RSS

2 Response to "Noite sem estrelas"

  1. Moisés Wesley says:
    29 de abril de 2010 19:48

    "E hoje me sinto como uma noite
    Sem o brilho das estrelas e sem a pureza da lua
    Uma noite que, como as outras, vai passar..."
    Entendo perfeitamente esse trecho, Sandrinha! E como entendo.
    As dores de um poeta expressadas pelos poemas, gritando silenciosamente!
    Adorei o poema! bjus

  2. Sandriiinha RaFáH says:
    29 de abril de 2010 21:52

    -Ahh.. obriigada... quem entenda a alma de um poeta a não ser outro poeta!?^^

Postar um comentário

Deixe sua opinião aqui!Pode dizer.. :)